Thaís Nejm - Cirurgiã Dentista
Dra. Thaís NejmThaís Nejm 

 

home
equipe
o consultório
tratamentos oferecidos
_ thaís responde
contato

Equipe Thaís Nejm

 

1. Clareamento dental é prejudicial aos dentes?

2. Dor de cabeça pode ser resolvida no dentista?

3. O que pode causar sensibilidade dentinária?

4. O dentista pode usar toxina botulínica (botox) na clínica diária?

5. Por que as aftas aparecem?

6. Para que fim servem os enxaguatórios bucais?

7. Existe associação entre doença periodontal (gengival) e problemas cardíacos?

8. Tratamento de canal escurece o dente?

9. O que provoca o mau hálito?

10. Você sabia que a respiração bucal pode afetar o desenvolvimento da arcada de seus filhos?

1. Clareamento dental é prejudicial aos dentes?

Antigamente os clareadores eram extremamente fortes e cáusticos, provocando, inclusive, lesões irreversíveis. Hoje, porém, o peróxido de carbamida e o peróxido de hidrogênio, presentes nas formulações dos clareadores e com concentração adequada, são considerados altamente seguros.

2. Dor de cabeça pode ser resolvida no dentista?

As DTM (Disfunções temporo-madibulares) oriunda de distúrbios da ATM (articulação têmporo- mandibular) e/ou pela fadiga da musculatura mastigatória e cervical podem ser a causa de uma cefaleia ou contribuir para outros tipos de dores de cabeça persistentes. O cirurgião dentista pode fazer o diagnóstico da DTM e tratá-la, colaborando, assim, para a remissão completa da dor.

3. O que pode causar sensibilidade dentinária?

A sensibilidade dentinária ocorre quando a gengiva se retrai, provocando a exposição radicular. Com incidência em 51,6% na população brasileira, a retração gengival está associada à técnica de escovação traumática, escovas com cerdas inapropriadas, força excessiva durante a escovação, trauma oclusal e doença gengival.

4. O dentista pode usar toxina botulínica (botox) na clínica diária?

Sim, o Botox tem emprego valioso na odontologia. Ele pode ser usado como tratamento para cefaleias, bruxismo e estética do sorriso. Os profissionais capacitados têm solucionado inúmeros casos com essa nova ferramenta terapêutica na odontologia.

5. Por que as aftas aparecem?

As úlceras orais (aftas) podem estar associadas a traumas, infecções orais, doenças sistêmicas, reações alérgicas ou até reações adversas de medicamentos. Muitas vezes, crises aftosas sucessivas e persistentes podem ser o primeiro sinal de doenças sistêmicas ou até quadro prodrômico (primo-sinal) de doenças que poderão surgir no futuro.

6. Pra que servem os enxaguatórios bucais?

A maioria dos enxaguatórios bucais funciona como um método químico de controle do biofilme bacteriano. Estas substâncias possuem diferentes princípios ativos e, portanto, também promovem ações específicas na boca. Consultar o dentista é a melhor maneira de saber se você precisa usar algum enxaguatório.

7. Existe associação entre doença periodontal (gengival) e problemas cardíacos?

A doença periodontal ainda não é considerada fator de risco independente para doença cardíaca, mas o será em breve, pois já existe consenso entre a Academia Americana de Cardiologia e a Academia Americana de Periodontia sobre o tema.

8. Tratamento de canal escurece o dente?

O tratamento endodôntico (canal), quando realizado corretamente, não promove o escurecimento dental. Pelo contrário: diagnosticando e tratando precocemente um dente com a polpa desvitalizada, a endodontia prevenirá seu escurecimento.

9. O que provoca o mau hálito?

Estudos apontam que a halitose afeta 1/3 da população na forma moderada e apenas 5% na forma grave. Na maioria das vezes, fatores locais como doença periodontal, dentes doentes, língua saburrosa e diminuição do fluxo salivar são os responsáveis diretos pela halitose. Sanados estes problemas e persistindo a halitose, esta deverá ser investigada, de forma mais complexa e sistêmica, por um dentista especializado.

10. Você sabia que a respiração bucal pode afetar o desenvolvimento da arcada de seus filhos?

A respiração oral é uma condição comum em crianças em desenvolvimento. As principais causas são a rinite alérgica e a hipertrofia de adenoide e amígdalas. Esta má postura (boca aberta) pode levar a alterações dentárias e, em alguns casos, a alterações de desenvolvimento craniofacial.

WhatsApp Agendar Consulta